sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Resenha: O Herói Perdido - Rick Riordan





Sete meios-sangue responderão ao chamado.


Em tempestade ou fogo, o mundo terá acabado.

Um juramento a manter com um alento final,
 E inimigos com armas às Portas da Morte afinal.




O Herói Perdido é o primeiro volume da nova série do Rick Riordan - Os Heróis do Olimpo. A história se passa depois dos acontecimentos de O Último Olimpiano e mostra como a vida de três adolescentes - Jason, Piper e Leo - muda drasticamente depois de uma excursão ao Grand Canyon.


Piper é uma adolescente aparentemente comum que tenta à sua maneira chamar a atenção do pai, um ator mundialmente conhecido, porém sua última travessura foi longe demais (ela roubara uma BMW) e como castigo, acabou indo parar na Escola da Vida Selvagem.

- Mas a beleza é encontrar o que melhor nos serve, o que é mas natural em nós. Para ser perfeita, você precisa sentir-se perfeita consigo mesma… Evite tentar ser algo que não é.



Leo Valdez é um garoto hiperativo e cheio de humor, que adora construir coisas e não para as mãos quietas nem por um segundo, ele perdera a mãe em um incêndio quando criança e desde então tem fugido de todos os lares adotivos a que pertenceu e acabou indo parar na Escola da Vida Selvagem.



Leo nunca fora um menino grande nem o mais forte. Mas sobrevivera em bairros violentos, escolas difíceis e lares adotivos complicados usando o que sabia fazer de melhor. Era o palhaço da turma, o bobo da corte, pois cedo aprendeu que quem finge não ter medo normalmente não recebe os golpes. Mesmo o menino mais malvado esquece do palhaço, tolera suas brincadeiras e o mantém por perto para rir um pouco. Além do mais, o humor é sempre uma boa saída para a dor.



Jason acordou no ônibus da escola indo para uma excursão ao Grand Canyon, tudo parecia perfeito, ele até estava de mãos dadas com uma garota bonita. Só havia um problema: Ele não lembrava quem era e nem sabia o que estava fazendo naquele ônibus e também não fazia a menor ideia de quem era a garota. E o mais esquisito de tudo era que todos agiam como se o conhecessem há meses. Quando uma tempestade começa a se formar acima de suas cabeças, as coisas começam a ficar realmente bizarras, seu colega de classe se transforma em um VENTI - um espírito dos ventos - e ataca os 3, seu supervisor, o treinador Hedge acaba se mostrando ser um sátiro - ou fauno, como Jason está acostumado a falar -, a moeda em seu bolso se transforma em uma espada, as coisas só vão ficando mais estranhas e uma nova realidade se mostra diante deles, implacável e perturbadora.



Todos pareciam pensar que ele era corajoso e confiante, mas ninguém notava o quanto ele se sentia perdido.




Confesso que fiquei esperando o Percy aparecer ;) , mas mesmo sem ele o livro é ótimo, e os três novos semideuses se mostram leais aos seus conceitos, sem deixar que o medo os vença e os impeça de chegar aos seus objetivos. Meu favorito com certeza é o Leo, que com seu jeito engraçado e divertido acaba conquistando o leitor. Quem conhece a escrita do tio Rick já sabe que encontrará uma história cheia de momentos engraçados, de lutas, de bons amigos e de heróis improváveis provando o seu valor. Como não podia ser diferente, eu amei o livro e super recomendo as séries do Rick Riordan.



– Dar respostas a você as tornaria inválidas – disse Hera. – O destino funciona assim. Devemos criar o nosso caminho para que ele signifique algo.
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger