sábado, 29 de outubro de 2016

Resenha: Simon VS. a Agenda Homo Sapiens



Autor: Becky Albertalli
Páginas: 272
Ano: 2016
Editora: Intrínseca
Adicione: Skoob 





Sinopse:

Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte. 
Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar. 
Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.
Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.



Que livro fofo *--*

O livro conta a história do Simon, um garoto normal de 16 anos, Simon é gay, mas ninguém sabe disso, ou melhor quase ninguém... Simon troca e-mails com um garoto chamado Blue - o nome dele não é realmente Blue, esse é apenas o nome que ele usa para se comunicar com Simon, assim como Simon também não usa seu nome verdadeiro, Simon se auto denomina Jacques -. A cada e-mail trocado, Simon se encanta ainda mais com o garoto misterioso, porém, esse relacionamento permanece apenas no meio virtual, livre de todo o preconceito e de todas as inibições que os cercariam caso eles estivessem frente a frente.

Você não acha que todo mundo devia ter que sair do armário? Por que o comum é ser hétero? Todo mundo devia ter que declarar o que é; devia ser uma coisa bem constrangedora, não importa se você é hétero, gay, bi ou sei lá o quê.

 Como nem Simon e nem Blue se assumiram como gays ainda, o relacionamento dos dois é mantido em segredo, mas tudo acaba desandando quando Martin, um colega da turma de Simon, descobre os e-mails e começa a chantageá-lo. Simon não faz ideia de como reagir a isso, ele não quer ceder à chantagem de Martin, mas também não quer perder Blue por um erro idiota. Diante deste dilema, Simon terá de aprender a lidar com seus medos, terá de aceitar as consequências  de seus atos e ainda terá de convencer Blue a se revelar. 

É mesmo muito irritante que hétero (e branco diga-se de passagem) seja o normal e que as pessoas que precisam pensar sobre sua identidade sejam só aquelas que não se encaixam nesse molde.

Esse é o primeiro livro com temática LGBT que eu leio e eu não poderia ter escolhido um livro melhor. Simon VS. a Agenda Homo Sapiens é um livro fofo, um livro que encanta pela simplicidade e pela mensagem que ele traz, é o tipo de livro que te deixa com um sorriso no rosto ao terminar, que te faz perceber que não importa o que você seja, homem, mulher, gay, lésbica, adulto, criança, jovem ou velho... o importante é se aceitar como você é, o importante é ser feliz independentemente de qualquer rótulo, de qualquer padrão, independentemente do que a sociedade impõe como perfeito, como aceitável. 

Branco não devia ser o padrão, assim como hétero não devia ser o padrão. Não devia existir nenhum padrão.

Enfim, leitura mais que recomendada, a Intrínseca acertou em cheio em trazer este livro para o Brasil <3 

 E o importante é ser você, Mesmo que seja estranho, seja você, mesmo que seja bizarro, bizaroo, o importante é ser você!!! - Pitty 
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger